Fraturas

Imprimir
E-mail

Categoria: Primeiros socorros

 

FRATURAS-

A fratura é a ruptura de um osso ou de uma cartilagem. Os primeiros socorros visam apenas impedir o deslocamento das partes quebradas, evitando maiores danos e diminuindo a dor da vítima.

Os dois tipos de fraturas que existem são:

Fratura Aberta e Fratura Fechada.

►    Fratura Aberta - Nessa fratura, o osso se quebra e há o rompimento da pele, é chamada também de fratura exposta.

•Procedimento - Faça um curativo protegendo o ferimento com gazes ou pano limpo, imobilize o membro fraturado, providencie a remoção do acidentado para o hospital.

►    Fratura Fechada - Nessa fratura o osso quebrado não aparece na superfície e a pele não foi perfurada.

•Procedimento - Imobilize o membro fraturado com talas; para isso pode-se usar tábua fina, papelão, revistas dobradas, travesseiros, mantas dobradas, movimentando a vítima o mínimo possível.

Quando o socorrista atender um acidente com uma fratura evidente e for necessário remover a vítima, ele deve imobilizar o local atingido nas condições em que se encontra, com talas ou com apoio de papelão, bengala, galho de árvore, revista dobrada, travesseiro, manta dobrada, etc.

Nas vítimas de traumas que precisam ser imobilizados, a imobilização deve ser feita em decúbito dorsal (barriga para cima).

 

-- ENTORSE E LUXAÇÃO —

►    Entorse - É a distensão de uma junta ou articulação com ruptura parcial ou total de ligamentos.

►    Luxação - É o deslocamento de um ou mais ossos de uma articulação saindo da sua posição normal.

•Sintomas - Dificuldades e dores nos movimentos, inchaço, etc.

•Procedimentos - Imobilize a região atingida e encaminhe a vítima a um hospital.

 

FRATURA DA COLUNA VERTEBRAL-

A coluna vertebral é formada por ossos chamados de vértebras, que são providas de um canal por onde passa a medula que faz a ligação do cérebro com o restante do corpo.

A coluna vertebral tem a função de sustentar o corpo e proteger em seu interior a medula, por onde passam todos os impulsos nervosos relacionados ao funcionamento, sensações e reações dos órgãos e membros.

O rompimento da medula causa isolamento do segmento corporal no nível abaixo da lesão, perdendo a sensibilidade e a capacidade de movimento dos membros.

Afratura da coluna vertebral constitui uma das emergências mais delicadas e, se a vítima for mal atendida, pode ter seqüelas permanentes e graves.

•Sintomas na fratura da coluna vertebral - Dor muito intensa, perda dos movimentos, perda da sensibilidade ou formigamento em membros.

•Procedimentos - Verifique a respiração da vítima; se for necessário, faça respiração artificial, mas procure mover a cabeça da vítima o mínimo possível; identifique se existe hemorragia com sangramento abundante e que deva ser tratada primeiro.

Ao atender uma vítima consciente, o socorrista deve perguntar diretamente a ela o que aconteceu, o local onde sente dores, se pode moveras mãos, pés ou dedos, e se ela sente quando é tocada em vários lugares do corpo.

Evite movimentar ou mexer nas vítimas com suspeita de fratura de coluna, devendo esperar, sempre que possível, o socorro especializado.

Está é uma decisão difícil que você terá de tomar.
*•— FRATURA DE CRANIO------

As fraturas de crânio são sempre graves, tendo em vista a possibilidade das lesões atingirem o cérebro, e estas nem sempre são visíveis.

•Sintomas apresentados - Dor de cabeça, perda de sangue pelo nariz, ouvidos ou boca, tontura seguida de desmaios e com possibilidade de perda da consciência, enjôo e vômitos, podendo ocorrer ainda alterações no tamanho das pupilas.

•Procedimentos - Mantenha a cabeça da vítima levemente levantada, se houver sangramento enfaixe a cabeça da vítima, mas tome cuidado para não apertar as áreas moles ou deprimidas. Não dê comida ou bebida, mantenha atenção aos sinais vitais, tenha cuidado especial com as vias aéreas, evitando que a vítima sofra afogamento por vômito, se possível transporte a vítima numa maca com os cuidados necessários para o hospital mais próximo.

 

FRATURA DE QUADRIL OU BACIA-

A vítima com suspeita de fratura de bacia ou quadril apresenta fortes dores no local e restrição no movimento das pernas.

•Procedimentos - Deite a vítima numa posição plana, não permita que a vítima tente sentar ou levantar, pois qualquer movimento desnecessário pode ocasionar perfuração nos órgãos internos; imobilize-a antes de tentar removê-la, transporte a vítima somente com maca ou outro objeto plano e rígido, a um hospital imediatamente.

FRATURA DE COSTELA —*

Fratura de costela é um traumatismo na região torácica que pode determinar a fratura de uma ou mais costelas.

A vítima com suspeita de fratura de costela apresenta dor intensa no local, que se agrava com os movimentos de respiração, que perfurando os pulmões poderá apresentar golfadas de sangue vermelho vivo pela boca.

'Procedimentos - Deve-se movimentar a vítima o mínimo possível; utilize-se de faixas largas para enfaixar o tórax atando e juntando os braços cruzados sobre o peito.

Se houver golfadas de sangue pela boca, cuidado com as vias respiratórias, pois podem ser obstruídas. O caso é grave, encaminhe a vítima para o hospital.

Condições das estradas

Newsletter

Nome:
Email:
Lista:
Autoescola Capra

Mais Pesquisados

Travessia das Balsas


DERSA